Notas Acadêmicas

Posted in Notas Acadêmicas with tags on abril 11, 2008 by brgaudencio

NOTAS ACADÊMICAS:

Dia 23 de Abril, Quarta-Feira. 15h30min. Sala de Vídeo de Pedagogia.

* CINE HISTÓRIA EDUARDO COUTINHO CONTINUA AS SUAS ATIVIDADES. Depois da exibição do famoso documentário Cabra Marcado pra Morrer, de Eduardo Coutinho, continuarão as atividades Cineclubistas no curso de História. O filme deste mês será Iracema: uma Transa amazônica, de

Jorge Bodanzky e Orlando Senna. O filme, do ano de 1976, é na realidade um auto-retrato da população da rodovia Transamazônica e que retrata realisticamente os problemas da região, contando a história de uma menina do interior, que vai a Belém com a família para pagar promessa na festa do Sírio Nazaré. O novo meio e as companhias que encontra levam a menina à prostituição.

* II SEMANA DE PESQUISA EM HISTÓRIA.

Já iniciaram as inscrições para a II Semana de História, que terá como temática: História, Memória e Documentação, que acontecerão até o dia 09 de maio. O evento ocorrerá entre os dias 02 e 06 de Junho e contará com mini-cursos, palestras, Grupos de Comunicação, além de apresentações artísticas e culturais. O destaque será a presença de Luciano Figueiredo, editor da Revista da Biblioteca Nacional, que será o conferencista de Abertura.

* INTRODUÇÃO A ELABORAÇÃO DE RESUMOS E ARTIGOS. Nesta próxima quarta-feira (16 de Abril) o Centro Acadêmico Eduardo Galeano oferece a toda comunidade estudantil uma Introdução a elaboração de resumos e artigos para encontros científicos, sendo Ministrado pelo professor Marcelo Eufrásio. A finalidade desta atividade é inserir certas reflexões sobre a produção cientifica. Pela manhã a aula será ás 8 horas em uma sala ainda a definir. A noite será na sala 20, a partir das 20 horas. Contamos com todos.

* ENTREGA DAS CARTEIRAS DE ESTUDANTES. Iniciamos nesta última segunda feira (08/03) a entrega das respectivas Carteiras de Estudantes aos nossos estudantes de História. Um sincero parabéns ao DCE pela eficiência que demonstraram na confecção e entrega das mesmas.

* A VOLTA DOS QUE NÃO FORAM. Um Parabéns atrasado aos nossos queridos professores: Flávio Carrero, Kyara Maria, Manuela Aguiar, Luciano Queiroz e Vanuza Sousa Silva. E desejamos em especial as boas vindas ao professor Roberto Jorge, de volta ao nosso curso depois de alguns anos de ausência. Boa sorte professores.

* AGITAÇÃO ACADÊMICA. O curso de História passa pela uma nova fase de agitação acadêmica. Nestes próximos dias e meses iniciarão os trabalhos de diversos cursos de extensão, grupos de estudo e o melhor, a especialização. Ainda neste mês começarão as inscrições para o Curso de Extensão de Teoria, com a Professora Auricélia Lopes e Culturas Afro-Brasileiras e Indígenas, liderado pelo professor José Benjamin. Quanto à especialização, que será sobre Cultura Afro-brasileira, a idéia é colocar em prática no segundo semestre.

*GRUPOS DE ESTUDOS. Ainda nesta linha de agitação acadêmica reiniciaram as atividades do grupo de Estudo de História e Literatura sob a coordenação das professoras Vanuza Souza Silva e Manuela Aguiar. As reuniões já estão ocorrendo todas ás quintas-feiras, a partir dás 16 horas, aqui mesmo no CEDUC. Ainda neste semestre outros Grupos de Estudos serão criados, é o caso do Grupo sobre O Cariri Paraibano, idéia do professor Luciano Queirós.

* O CASO WASHINGTON LUÍS. Neste início de ano letivo um fato chamou atenção de todos no curso de História aqui da UEPB. Segundo A reitora Marlene Alves, o professor substituto Washington Luís estava a ministrar aulas, mesmo tendo seu contrato sido rompido neste início de ano pela própria reitora. O motivo do fim de seu contrato foi à elaboração de mais de um abaixo assinado produzido pelos alunos dos atuais 1º e 2º ano manhã. Os abaixo-assinados trazem como justificativa para sua saída a grande quantidade de faltas existentes do mesmo durante o período letivo, bem como a descrições de indícios de sua inabilidade para ministrar aulas nas disciplinas de Pré-História, História da África, etc. Depois de diversas reuniões entre os Alunos, Departamentos de História e Geografia, Coordenação do curso de História e Reitoria, o professor foi afastado por tempo identerminado para checagem dos fatos.

Anúncios

GRANDEZAS E MISÉRIAS DO EREH 2008

Posted in Sem-categoria with tags on abril 11, 2008 by brgaudencio

Entre os dias 18 e 23 de março, em João Pessoa, Paraíba, ocorreu o XX Encontro Norte e Nordeste de Estudantes de História, organizada pela FEMEH (Federação dos Movimentos de Estudantes de História) e contando com o apoio dos Centros Acadêmicos de História da UEPB (Campina Grande e Guarabira) e da UFPB. Pela primeira vez um evento desta natureza aconteceu no estado da Paraíba. Com seus pontos positivos e negativos queremos esclarecer alguns fatos que permaneceram infelizmente até o momento incompreendido por parte dos alunos e professores de nosso curso. Vamos a um pequeno passeio pelas Grandezas e Misérias do EREH 2008.

As Grandezas

Acreditamos que o principal ponto positivo de um evento desta natureza é a incrível interação existente entre os estudantes das varias regiões dos estados do Norte e Nordeste. Essa interação deve ser compreendida em todos os sentidos possíveis. A diversidade cultural, a multiplicidade de Temas e Objetos estudados nas pesquisas realizadas e apresentadas nos Simpósios Temáticos, às práticas culturais distintas, os sons, os sabores e os sotaques tão diferentemente encantadores, presentes nos corredores, nas salas e nas filas. Outro ponto que devemos destacar no EREH 2008 durante a semana santa na UFPB foi à qualidade das atrações culturais e artísticas. Os Filmes e as peças de teatro. Destaque maior para as divertidas e sensuais noites cheias de música, para aqueles que curtem uma paquera e uma boa dança. Forró, Rock, Samba, Reggae. Vários ritmos e sons. Corpos e bocas em movimento. Babilônia irmãos! EREH Gay e EREH Sapa. Foi um sucesso, devido à alegria e o humor dos nossos estudantes Historiadores. Foi à tradição do evento falando mais alto. O que vai nos deixar belas e inesquecíveis lembranças.

As Misérias

Antes de tudo pedimos nossas sinceras desculpas a todos os estudantes que não gostaram do evento, pelas falhas e limitações na qual estamos assumindo a partir de agora. O perfil de um estudante que vai a um EREH é de um sujeito festivo. Na realidade encontros como os de Estudantes de História podem ser definidos como lúdicos ou carnavalizadores, no sentido do pensador Russo Mikhail Bakhtin; cuja festa, o sabor dos contatos, das amizades e das possíveis paixões estão em primeiro plano. A essência festiva do EREH tem suas origens em épocas Pós-governo militar, trazendo características próprias que vem de gerações, centrados na transgressão de valores morais e no distanciamento ideológico. O academicismo e a consciência política estiveram em segundo plano (infelizmente). Isso tudo marca as mudanças de Valores de uma época.

Vamos as principais falhas do EREH 2008 e suas respectivas explicações.

A FALTA ÁGUA E ENERGIA. Um dos principais problemas do evento foi à falta de água e de energia ocorrida por vários dias. O fato se explica pelas disputas políticas internas de âmbito da Reitoria na UFPB. O certo é que a Reitoria boicotou o evento suspendendo a água devido as suas intrigas com o Centro de Humanidades. Nós do COEREH fizemos o que foi possível, conversamos com os responsáveis, tanto é que, nos últimos dias do evento não houve problemas com relação à falta d’ água.

COEREH FANTASMA. È fato notório na organização do EREH 2008 a ausência de parte dos membros iniciais da Organização. Dos 70 responsáveis de início, apenas 35 trabalharam realmente durante os cinco dias do evento. Na verdade esse fato é uma característica infelizmente comum em quase todos os eventos de estudantes, o descompromisso de parte daqueles que assumem responsabilidades, mas não cumprem seus deveres.

DEFICIÊNCIAS NA COMUNICAÇÃO. Outro ponto deficiente está ligado a Ausência de Comunicação com os participantes. Muitas atividades ocorreram sem que os estudantes soubessem que estavam acontecendo. O ideal seria na verdade um uso de um meio de comunicação de massa como o rádio. Só assim todas as informações circulariam com eficiência. Entretanto, sem este meio só poderíamos contar com o boca a boca e o uso de cartazes.

O CASO DURVAL MUNIZ. O fato ridiculamente vergonhoso foi à ausência da conferência inicial do professor doutor Durval Muniz de Albuquerque Jr na terça feira. O caso resumisse na nossa total incompetência naquele momento do encontro, em delimitar o tempo necessário das outras atividades, somado a pressão dos participantes em se credenciar. As desculpas formais já foram encaminhadas ao distinto mestre autor do fabuloso “A Invenção do Nordeste”. Ele aceitou felizmente. O texto de sua conferência esta disponível a todos os estudantes e professores interessados para tirarem cópias na sede do Centro Acadêmico de História.

O CASO RU. Quanto ao restaurante universitário foi realmente lamentável a qualidade das refeições. Entretanto, o fato resume-se na política alimentar do próprio Restaurante. Na realidade poucos são os RUs no Brasil que oferecem uma comida de qualidade.

CONCLUINDO: O EREH FOI UM EVENTO DE ESTUDANTES PARA ESTUDANTES. Seria impossível não cometer erros. Assumimos isso. Foram muitos, sabemos. E pedimos nossas sinceras desculpas a todos aqueles que participaram, entre alunos (amigos agora de corredores) e professores de nossa instituição (pelas falhas de apoio e de infra-estrutura). E tenham plena certeza que todos nós do centro acadêmico fizemos o melhor e o possível pelo bem de vocês no evento.

Notas Acadêmicas

Posted in Notas Acadêmicas on fevereiro 13, 2008 by brgaudencio

anpuh1.jpg

NOTAS ACADÊMICAS:

* O Curso de Licenciatura em História na UEPB, campus Campina Grande, conta com 27 professores (sendo que 17 efetivos, 8 substitutos e 2 visitantes) e cerca de 550 Alunos matriculados.

* Neste ano de 2008 vários serão os eventos de História realizados em Campina Grande e Região. Destaques: EREH 2008 ( Março, em João Pessoa), II Semana de História da UEPB (Maio, em Campina Grande), ANPUH Paraíba (Julho, em Guarabira), I Encontro de História do Império Brasileiro (Setembro, João Pessoa) e II Seminário Nacional de Estudos Afro Brasileiros (Provavelmente em Novembro, em Campina Grande).

* COM VOCÊS O CINE HISTÓRIA EDUARDO COUTINHO. A primeira exibição do cineclube será o documentário CABRA MARCADO PRA MORRER, do cineasta homenageado Coutinho. A obra trata das ligas camponesas na Paraíba no período da ditadura. Data da estréia: 7 de Março.

* Estão abertas os editais para a seleção de monitores. A monitoria é uma experiência oferecida ao aluno, regularmente matriculado no curso de graduação, compreendendo atribuições auxiliares relativas à atividade acadêmica, sob a supervisão de um professor. Mais informações no site da UEPB: www.uepb.edu.br.

* Além da Monitoria, a universidade oferece alguns programas específicos aos seus alunos, apesar de restritos. Existem: o programa de Iniciação cientifica (que conta atualmente com três anos bolsistas PIBIC/PROINCI do curso de história) e a Tutoria (que até o ano passado contava com dois alunos).

*

EREH 2008

Posted in Apresentações on janeiro 20, 2008 by brgaudencio

cartaz-ereh-2008-tamanho-para-orkut.jpg

Encontro Norte- Nordeste de Estudantes de História que será realizada em João Pessoa tem o apoio do Centro Acadêmico Eduardo Galeano.

Inscrições no site:

http://www.ereh2008.com/#

cole no navegador.

DO SEIXAS À CONTAMANA: RENDILHANDO NOSSAS IDENTIDADES, LUTAS E ARTES.

Esse é o tema do XX Encontro Regional de Estudantes de História do Norte e Nordeste, que será realizado na Universidade Federal da Paraíba, do dia 18 ao 23 de março de 2008.

Rendilhar é nossa proposta. Cada característica, peculiaridade, práticas e tradições culturais entrelaçadas neste encontro. Nossa pretensão é provocar a discussão e fazer os participantes do encontro refletirem sobre esses três pontos de referência, peculiares de cada ser humano. Sob um ponto de vista crítico acerca da indústria, dos modismos, da posição acadêmica e sobretudo dos estudantes no que tange o principal eixo de discussão dessa vigésima edição do EREH: Cultura Popular.

O EREH, nessa edição de 2008, ganha um caráter não menos político que os anteriores. Muito pelo contrário, essa discussão que a muito se fazia necessária na pauta de um movimento que exige conhecimento de sua própria identidade, de se reconhecer como integrante de um meio social que precisa abarcar a luta popular, contra as minorias e os burocratas de plantão. Também ganha um caráter especial por ser a primeira edição realizada na cidade de João Pessoa. Pela primeira vez esse encontro se faz presente no estado da Paraíba.

É por estes motivos que convidamos todos a participar deste encontro. Todos os estudantes de História das universidades do Norte e Nordeste (públicas ou privadas) estão convidados a participar, interagir com outros modos de pensar, agir. De fazer um verdadeiro “escambo cultural” entre os diversos participantes que se farão presentes, representando cada pedaço de sua região. E a partir dessas representações e das manifestações culturais e políticas que iremos rendilhar o tecido que irá delinear as proposições do próximo encontro. Tomar partido sim e partindo em defesa da maioria expulsa dos diversos setores da sociedade pelo legitimador adjetivo de “exclusivo” (palavra carregada de uma carga opressora enorme), de suas tradições “esquecidas”, vivas, pungentes em nossa realidade crua. E, partindo da idéia que nossas vivências são lutas, apresentamos, portanto, nestas linhas e neste Encontro, o rendilhar de nossas identidades, lutas e artes. Este é o nosso encontro, a nossa história em construção.
Tragam seus fios e teçam conosco…

Apresentações da Chapa vencedora: CONSTRUÇÃO E MOVIMENTO.

Posted in Apresentações on janeiro 20, 2008 by brgaudencio

SÃO NOSSAS PROPOSTAS:

1.Revitalização do espaço fisico do CA fazendo com que ele possa ser aberto a todos e a todas do curso de Historia;
2.Criação do Estatuto proprio do CA;
3.Criaçao do endereço eletronico do CA;
4.Informativo trimestral;
5.Atuação na Federação Nacional do Movimento Estudantil- FEMEH;
6.Promover “Semana de Recepção”, recepcionando os feras com palestras, mesas,oficinas sobre os projetos de estudos e pesquisas do curso, integrando-os ao curso de História;
7.Divulgação de Encontros Academicos e estudantis de Historia e articulação para participação dos alunos interessados nesses eventos;
8.Junto aos professores do curso montar um acervo de revistas, livros e dvds, bem como estrurando nossa sala de video;
9.Junto a coordenação do curso promover a II Semana de Pesquisa em História da UEPB;
10.Promover o I Encontro Paraibano dos Estudantes de Historia- EPEH 2008;
11.Reivindicar mais bolsas, sejam de monitorias, extensão ou de iniciação cientifica para nosso curso;
12.Criação do Mural do CA;
13.Reinterar-se totalmente a organização do XX Encontro Regional dos estudantes de Historia- Norte? Nordeste ( EREH-2008)que sertá em joão Pessoa;
14.Independencia de qualquer bandeira politica e de instancias majoritarias da UEPB. Somos um CA independente.
15. Criação do Cineclube do curso de História.
“A HISTÓRIA não será a mesma!!!”

Componentes:

Coordenação Geral:
Emeson Tavares da Silva
Carolina Inácio da Silva

Secretaria:
José Emerson Tavares de Macedo
José Luan da Costa

Tesouraria:
Liélia Barbosa Oliveira
Marcelo Araújo de Lima

Coordenações dos Departamentos:

Bruno Rafael de Albuquerque Gaudencio
Deise Raquel Bezerra Farias
Eraldo Eronides Maciel
Flávio Barbosa Bezerra Silva
Heloisa Angélica Silva de Souza
Isis Aluska dos Santos Silva
Janailson Macedo Luis
Marcilo José Ramos da Silva

Olá mundo!

Posted in Sem-categoria on janeiro 18, 2008 by brgaudencio

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!